sábado, 23 de junho de 2012

Cocó & Puta


Como já devem saber a Cocó já tem livro! Como eu gosto muito de a ler, sempre que tenho oportunidade, lembrei-me, ao ler na Pipoca, que também podia pegar-vos este bichinho... abaixo está um dos mais hilariantes textos da Cocó.... Leiam e apreciem!


A Puta


Vou dizer-vos uma coisa. É preciso ter muita paciência para ter um blogue. Porque se há gente muito boa e querida e simpática como vocês, que são a maioria, depois há os outros. E se é verdade que são mesmo a minoria, esses outros cansam. Moem. Molestam. Porque são repetitivos. E têm tantos problemas na mona e na vida que fazem dó. Para esses, eu sou sempre e serei sempre... uma puta. Se sou feliz sou uma puta. Se sou infeliz, mais puta sou. Então é assim:
Se eu escrevo que vou de fim-de-semana, sou uma puta porque com esta crise há imensa gente que nem sabe como comer, quanto mais pensar em passar fins-de-semana fora. Se mostro fotos do sítio onde estou sou uma puta, a fazer pirraça a quem tem de ficar enfiado em 20 metros quadrados e cheio de fome. Mas se não mostro, sou uma puta ainda maior, que deve estar num palacete banhado a ouro e que nem tem coragem de mostrar, tal é o luxo nojento. Mas se, pelo contrário, não vou de fim-de-semana e me queixo de ter o dinheiro contado, sou uma puta porque moro no Parque das Nações, tenho os filhos no colégio, e devia ter vergonha por me queixar da falta de cheta quando há gente que, essa sim, não tem um cêntimo na carteira.
Se digo que estou gorda, sou uma puta porque há pessoas que pesam tanto que chegam aos 3 dígitos e estou a humilhá-las ao falar do meu suposto peso a mais. Mas se fico feliz porque emagreci, sou uma puta porque tenho dinheiro para fazer dietas que os outros não têm, e tenho tempo para fazer caminhadas, coisa que os outros, coitados, nunca têm.
Se me queixo dos meus filhos, porque fizeram uma tropelia qualquer e se estou cansada deles e deixo um desabafo, sou uma puta porque há tanta gente a querer engravidar sem conseguir, e eu que tenho filhos nunca por nunca devia queixar-me deles, é uma vergonha. Se os enalteço, vaidosa, sou uma puta que não pára de se gabar, e devia ter vergonha porque há pessoas que têm filhos deficientes que não conseguem sequer sorrir quanto mais fazer as habilidades que os meus fazem.
Se ponho vestidos da Madalena, sou uma puta exibicionista que devia era dar tudo a instituições de solidariedade. Se falo de solidariedade, sou uma puta porque na verdade o que eu quero é mostrar-me boazinha mas não passo de uma megera nojenta, que tem dinheiro para ser solidária, porque o resto das pessoas, coitadas, não têm dinheiro para si, quanto mais para os outros.
Se digo mal de um funcionário, que me atendeu mal, e calha a chamar-lhe burro, sou uma puta que não sabe o que passam os funcionários, uma puta que está a dizer que todos os funcionários desse ramo são burros, uma puta que acha que só porque tem um curso superior é melhor que os outros, devia era virar uma dessas funcionárias para ver o que era bom.
Se me queixo de ter muito trabalho, sou uma puta porque há muita gente no desemprego e eu devia era virar as mãos para o céu e agradecer ao Senhor a oportunidade que me deu. Se digo que houve um mês pior, com menos trabalho, vão dizer que eu sou uma puta, que em vez de estar em casa armada em freelancer devia era estar sentadinha a uma secretária, que assim não me faltava o trabalho, essa é que é essa.
Se digo que baptizei os meus filhos por respeito e amizade à minha sogra, sou uma puta porque com Deus não se brinca. Se decidisse não os baptizar, apesar dos pedidos da sogra, era uma puta das piores, ingrata do caraças, coração de pedra, incapaz de descer do seu pedestal arrogante para fazer alguém feliz.
Se estou doente, e descrevo o mal-estar, sou uma puta que não sabe o que é estar realmente doente, doente à séria, em perigo de vida, com um padre ao lado pronto para a extrema unção. Se me regojizo com a minha saúde, sou uma puta que merece é ficar doente, por estar a vangloriar-se de algo que há tanta gente a não ter.
Eu podia continuar por aí fora. Mas não posso. Tenho de ir trabalhar (ai, que puta, trabalhar? E tanta gente no desemprego...). E daqui a bocado também tenho de ir fazer o almoço para os meus 3 filhos que estão em casa porque têm tosse (tosse? oh, minha puta, tosse não é doença, sabes lá tu o que é estar doente?). Ainda bem que esta gente é a minoria. São vocês, a maioria saudável, que me faz continuar a ter vontade de vir aqui contar algumas aventuras e desventuras da minha vidinha normal (normal? tu és é uma anormal de primeira! E, claro, uma puta!)

terça-feira, 19 de junho de 2012

DIY #4 - Arrumação de bijouteria

Agora chegou a vez de dar uma arrumação àquela prateleira, gaveta ou caixa lá de casa que tem peças que nunca mais acabam... Digam lá se não há sempre um colar ou uma pulseira que ainda não temos guardadinha no armário... Confessem!!!! Tenho relógios, brincos, colares, pulseiras, umas que comprei, outras que eu mesma fiz... enfim um monte de coisas espalhadas e amontoados aqui por casa. Então decidi organizar tudo isto! Até porque organizada sou eu!

Material:
- uma porta de armário com alguma profundidade
- pedaços de madeira redondos à medida da largura da porta
- 1 abraçadeira por cada pedaço de madeira (peças usada nas tubagens de aquecimento central, fáceis de encontrar em qualquer drogaria)

Coloquem as abraçadeiras no centro de cada pedaço de madeira e aparafusem na porta. (eu fiz primeiro um pequeno furo com o berbequim para garantir que era mais fácil de aparafusar).
No fim usei uma espécie de espuma isoladora cinzenta (também usada nos tubos de inox para proteger do calor)
Atenção! Se os parafusos das abraçadeiras for maior do que a profundidade da porta, NÃO podem aparafusar até ao fim. Se não vaza para o outro lado.

Desculpem as imagens mas a luz não ajudou...

 

 
 

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Why Not #13




T-shirt - Zara old
Saia - Stradivarius
Sandálias - Bit
Pulseiras - Made By me & Stradivarius
Relógio - Marc Ecko

quinta-feira, 14 de junho de 2012

My Style Collage #2

My Style Collage #1

My Style Collage #1



Pink tank top
newlook.com

Slim fit jeans
claireandbruce.com

Steve madden shoes
swell.com


Why Not #12



T-shirt - Zara
Casaco - Zara
Colar - H&M

Maison Martin Margiela pour H&M


Coleção H&M com assinatura da Maison Martin Margiela! Parace que é definitivo! O Negócio está fechado! 
É uma coleção Outono / Inverno composta por roupas e acessórios para homem e mulher.
Só nos resta esperar ansiosamente pelas filas intermináveis... lol
Dia 15 de novembro é dia H&M&Margiela.

Livros Instragem



Todos conhecem o Instagram com os seus filtros instantâneos e a transformação de qualquer um nós em super-fotógrafo. As fotos ficam sempre incríveis e ganham um toque "perfeito"! 
Mas agora acabo de descobrir um site ainda mais fixolas! 
Que tal transformar as tuas imagens preferidas num livrinho?! 
Basta aceder ao site Blurb e começar a brincadeira. Cada livro tem o formato de 18 x 18 cm e os preços variam entre as 20 e as 240 páginas.
 

MY BIT


quarta-feira, 13 de junho de 2012

Why Not #11



 Bolero - Zara old
Vestido - Pull and Bear
Colar - Pull and Bear

Passatempo - Sapatos Kids Crocs Chameleons


Os Kids Crocs Chameleons mudam de uma cor de base translúcida, para uma cor brilhante apenas após alguns segundos de exposição à luz solar, voltando à sua cor original logo que retirados da radiação UV. Combinando o material exclusivo Crocs - Croslite - com a tecnologia fotocromática, estes sapatos, além de confortáveis, são também muito divertidos!

O Estrelas & Ouriços tem para oferecer 5 pares de sapatos Kids Crocs Chameleons.


O Passatempo termina dia: 31 de Julho de 2012

Passatempo - Loção para o Corpo Boss Orange




A loção para o corpo Boss Orange é extretamente hidratante e perfumado. Use e abuse desta loção de corpo que a vai envolver numa festa dos sentidos, hidratando e cuidando da sua pele. 

A Next Stop tem para oferecer um exemplar da loção para o corpo Boss Orange de 50ml.

O Passatempo termina dia: 1 de Julho de 2012